• Carolina Correia

Trataka, técnica do olhar fixo

Trataka, técnica do olhar fixo 👁️


Esta é uma meditação simples mas poderosa. Funciona como um kryia, sendo um exercício de tonificação dos pequenos músculos ópticos, e auxilia no alívio da fadiga ocular.


Além de ser um kryia e uma técnica cientificamente testada e validada na ciência do Yoga para a visão (ver referência), é também um excelente ponto de partida para a sua sessão de meditação.


Como funciona então a técnica de Trataka?


São várias as propostas. Podemos fixar o olhar num objeto próximo ou num ponto distinto na parede à nossa frente. Podemos utilizar uma técnica em que o olhar acompanha os dedos polegares, estendidos e fixos à nossa frente ou mesmo em movimento à nossa volta . A forma talvez mais conhecida é também a minha preferida, recorrendo à chama de uma vela acesa.


Experimente por si.


Acenda uma vela e deixe-a na sua proximidade à sua frente, a cerca de meio metro a um metro de distância. De preferência, mantenha um ambiente com pouca luz ao seu redor, a não ser que assim fazer lhe provoque alguma fadiga ocular ou dor de cabeça. Recomendação: evite velas com cheiros muito intensos ou com uma elevada composição química.


Em seguida sente-se numa postura confortável, no chão ou numa cadeira, mantendo a sua coluna alongada e vertical e de uma forma que consiga fixar a chama da vela com o seu olhar sem extenuar os músculos em torno do pescoço.


Deixe a respiração solta, sem a tentar controlar, e o abdómen relaxado.


Procure focar toda a sua atenção na chama e tente não pestanejar. Ao início será expectável que a sua atençaõ se desvie, que os seus olhos fiquem cansados.


Faça as pausas necessárias. Não tem de permanecer muito tempo. Não tente dominar esta técnica como medida da sua performance. Ao invés, observe e respeite os limites do momento em que se encontra, e mantenha a sua dedicação sem expectativas acerca dos resultados.


Gradualmente, com a repetição da prática ao longo do tempo, permita aumentar os períodos de tempo sem pestanejar e sem desviar o olhar até que, num esforço natural, sec onsiga manter por longos períodos de tempo e se sentir plenamente no momento presente em simbiose com a luz, o calor e a energia emanada pela chama.


A partir da técnica Trataka, podemos suspender por uns momentos o modo operativo de agir do cérebro e, com maior clareza, podemos apenas ser.


Referência:

Ioga Para Corrigir a Visão, Dr. Kazuhiro Nakagawa (2017, Japão)

14 visualizações0 comentário